Cais de Campinas retrata caos na rede municipal de saúde de Goiânia



Na tarde desta segunda-feira (2), o Sindsaúde voltou ao Cais Campinas para denunciar à imprensa, a situação caótica pela qual passa a unidade. Na ocasião, a presidenta do Sindsaúde, Flaviana Alves, e o diretor, Erivânio Silva, se reuniram com os trabalhador@s em busca de alternativas para a gravidade da situação.   

O Cais é uma referência no atendimento à pediatria e chegar a receber até 300 crianças por dia. Além disso, a unidade também é referência em Goiânia e Região metropolitana no atendimento a casos de queimaduras e cirurgia geral. 

A falta de gestão tem feito do Cais Campinas um símbolo do Caos na rede municipal de Saúde de Goiânia. Por falta de profissionais, a unidade vive superlotada. Apesar de receber uma alta demanda de pacientes com suspeita de H1N1, a Central de Material e Esterilização (CME) não funcionou na tarde desta segunda-feira. Bandejas com sondas e outros materiais se acumulam já que máquina que faz a esterilização está quebrada e o material precisa ser enviado à outra unidade para ser desinfectado.

A presidenta do Sindsaúde, Flaviana Alves, explica ainda que pela falta de infraestrutura, o isolamento para pacientes é improvisado e às vezes, adultos e crianças precisam ser acomodados no mesmo local aumentando o risco de contágio. “Mesmo sem as devidas condições de assistência e de trabalho, os servidor@s têm se virado como podem para tentar atender a demanda, inclusive colocando suas vidas em risco. A situação é alarmante e nos causa bastante apreensão”, relatou.

O Sindsaúde também obteve a informação de que até lençóis descartáveis estariam sendo lavados e reutilizados para atender a alta demanda. A orientação do Sindicato foi para que os servidor@s ignorassem qualquer pedido para reutilizar materiais descartáveis e comunicar o caso imediatamente à entidade. Diante do quadro preocupante, o Sindsaúde tem intensificado as tentativas de se reunir com a secretária Municipal de Saúde de Goiânia, mas até o momento não foi recebido.

 

 

  

 

 

 

02/04/2018