Comitê entrega relatório sobre violações dos direitos humanos às autoridades goianas



A entrega do documento foi feita durante a audiência pública coordenada pela presidenta do Sindsaúde/GO, Flaviana Alves, e promovida pelo Comitê Goiano de Direitos Humanos Dom Tomás Balduino em conjunto com a Comissão de Direitos Humanos da Assembleia Legislativa de Goiás (CDH). O evento foi realizado no Auditório Costa Lima e faz parte da Semana dos Direitos Humanos em Goiás.

De acordo com Flaviana, “as atividades da Semana dos Direitos Humanos possibilitaram a reflexão sobre o papel de cada cidadão na luta contra qualquer violação desse direito”.

Além da presidenta do Sindsaúde, participaram do evento compondo a mesa, o deputado e presidente da CDH, José Nelto (PMDB); a representante do governador, Marconi Perillo, e superintendente Executiva de Direitos Humanos da Secretaria Cidadã, Onaide Santillo; o representante do Prefeito de Goiânia e secretário municipal de Direitos Humanos e Políticas, Antônio José Ferreira; e o diretor do MST, Gilvan Moreira.

Uma cópia do relatório foi entregue a cada uma das autoridades goianas presentes. O documento relata no mínimo 12 casos de violação dos direitos humanos cometidas em Goiás

Além do presidente da CUT-Goiás, Mauro Rubem, e do ex-prefeito de Goiânia, Pedro Wilson Guimarães, ainda participaram do debate, vários dirigentes de entidades sindicais e representantes de movimentos sociais. 

Confira também: 

Em Aparecida, Sindsaúde negocia manutenção de gratificações para servidores

Em Goiânia, Sindsaúde participa de ato em defesa da aposentadoria

SES reconhece direito de servidores acumularem até 30% em processos de titulação

 

 

14/12/2017

*Com informações do portal da Assembleia Legislativa