Deputados aprovam relatório final que garante o reajuste do piso dos agentes



Uma comissão especial, criada para analisar a PEC 22/11 na Câmara dos Deputados, aprovou – na manhã desta quarta-feira (16) – o relatório que prevê o reajuste do piso nacional dos Agentes Comunitários de Saúde e de Combate às Endemias (ACS e ACE). O projeto segue agora para apreciação dos deputados no Plenário da Câmara.

Para o agente de endemias e diretor de comunicação do Sindsaúde, Leocide de Souza, essa foi apenas a primeira vitória de muitas batalhas que a categoria terá pela frente. “Há anos estamos lutando, negociando e articulando com os parlamentares o reajuste do nosso piso. Agora, mais que nunca, temos que reforçar ainda mais a nossa mobilização com os deputados para que esse projeto seja aprovado e que esse reajuste esteja de fato no nosso salário”, frisou.

Segundo Leocides, já se passaram três anos da conquista do piso salarial dos ACS e ACE. De lá para cá, esses profissionais tiveram que reajustar suas finanças por conta da estagnação de três anos sem reajuste salarial, inclusive, sem a correção da inflação durante esse período.

Além do reajuste do piso, o Projeto de Emenda Constitucional nº 22/11 prevê ainda as diretrizes para os planos de carreira dos agentes.

16/08/2017