Em Anicuns, Sindsaúde cobra adicional noturno, data-base e melhores condições de trabalho



Com o objetivo de definir estratégias de mobilização e garantir a valorização dos servidor@s, o Sindsaúde se reuniu com os trabalhador@s municipais da Saúde de Anicuns na última quarta-feira (7). A reunião ocorreu no Clube das Mães. No município, a categoria sofre com atrasos constantes de salário e com o descumprimento de direitos como adicional noturno, data-base, piso dos agentes de saúde, entre outros. 

Após levantar toda pauta de reivindicação, os trabalhador@s agendaram uma mobilização para o dia 28, às 17h. 

Além das reivindicações já mencionadas, os servidor@s também reivindicam a implantação do Plano de Carreiras, Cargos e Vencimentos (PCCV), as diferenças salariais do 13º Salário e o restabelecimento do percentual do Adicional de Insalubridade. Ele foi reduzido de 20% para 10%. No dia 28, haverá atendimento jurídico para esclarecimentos e para aqueles que desejarem ingressar com ação judicial sobre a insalubridade.  

Na ocasião, a categoria também discutiu a proposta de criação do Colegiado Sindical de Base Municipal voltado para o desenvolvimento de ações em acordo com as pautas de reivindicações dos trabalhador@s de Anicuns.

O vice-presidente do Sindsaúde/GO, Ricardo Manzi, destacou que “a situação é grave”, mas que “os trabalhador@s estão determinados a lutar por seus direitos”. Ele ainda reiterou que “a prefeitura precisa rever a sua postura urgentemente e garantir a valorização da categoria”. 

09/02/2018

Foto: Mais Gioás