Em Santa Helena, Sindsaúde reivindica direitos dos servidores da Saúde



Em mais uma ação para garantir os direitos dos servidor@s estaduais da saúde, o Sindsaúde se reuniu na última quinta-feira (22) com a gestão da organização social que administra o Hospital Estadual de Urgências da Região Sudoeste Dr. Albanir Faleiros Machado em Santa Helena de Goiás. Em pauta, estava o pagamento da gratificação de produtividade e condições de trabalho.

Produtividade

Diante do questionamento sobre a falta de repasse dos valores referentes à gratificação de produtividade à parte dos servidor@s estaduais que trabalham no Hurso, o gestor do Instituto Brasileiro de Gestão Hospitalar (IBGH), Aderrone Vieira Mendes, informou que houve um erro técnico durante o envio do relatório para a Secretaria de Estado da Saúde (SES), mas garantiu que esses valores serão repassados no próximo pagamento sem nenhum tipo de prejuízo às categorias.

No entanto, a presidenta do Sindsaúde, Flaviana Alves, destacou “que erros como esses comprometem o orçamento mensal do trabalhad@r e gera insegurança financeira, já que o servidor conta com esses valores no final do mês”.

Ainda durante o encontro, o Sindsaúde questionou a gestão sobre a queixa apresentada pela OSs à Polícia Civil contra alguns servidor@s da unidade que compartilharam uma denúncia anônima sobre situações que supostamente estavam ocorrendo dentro do hospital. A gestão informou que havia tomada a decisão por considerar as informações inverídicas. 

Na ocasião, a presidenta do Sindsaúde, argumentou que considera o diálogo o melhor caminho para solucionar problemas como esses e que o Sindsaúde está à disposição para discutir essas e outras situações com intuito de garantir um ambiente de trabalho saudável no Hurso.

Condições de trabalho

O Sindsaúde considera que oferecer condições de trabalho adequadas é fundamental para garantir um serviço público de qualidade. Diante disso, o Sindicato propôs a criação de uma comissão permanente no Hurso composta por servidor@s e gestores. O objetivo é construir um diálogo contínuo com a gestão e corrigir as inadequações nas condições de trabalho. O gestor se comprometeu em estudar essa possibilidade.

Aos trabalhador@s, o vice-presidente do Sindsaúde, Ricardo Manzi, informa que a Assistência Jurídica do Sindicato à disposição da categoria e que eles podem procura-la caso sintam-se intimidados pela gestão.  

Assembleia

Além disso, o Sindsaúde solicitou uma comissão de servidor@s para participar da assembleia geral e ordinária dos trabalhador@s da saúde que vai ocorrer no próximo dia 28 de março, às 8h, na Assembleia Legislativa de Goiás, na qual, será apresentada a proposta de revisão do Plano de Carreira da SES. No entanto, uma assembleia exclusiva deve ocorrer em breve com os servidor@s de Santa Helena.  

23/03/2018