Na Justiça, Sindsaúde garante a servidora cirurgia que o Ipasgo havia negado



Depois de se dedicar 28 anos cuidando e zelando pela saúde dos seus pacientes, a técnica em enfermagem, Gislaine A.G, se viu na obrigação de pedir socorro para o jurídico do Sindsaúde, depois que o Ipasgo negou – por 5 anos - a realização de uma cirurgia que foi provocada pelo esforço repetitivo da sua profissão.

A boa-nova é que o Sindsaúde acionou a Justiça e garantiu toda a assistência médica que a servidora necessitava, já que ela é alérgica ao contato com látex e precisava de um centro cirúrgico adaptado.

Histórico
No ano de 2013 a servidora já tinha acionado o Ipasgo, depois que sofreu uma lesão no joelho esquerdo e ter sido recomendando uma intervenção cirúrgica. Após todos os exames pré-operatórios, o Ipasgo negou a cirurgia após ficar constatado que a servidora era alérgica ao látex.

De lá para cá, Gislaine travou uma grande luta para realizar a cirurgia no ombro – provocado pelo agravamento de uma lesão por esforço repetitivo – e outras duas cirurgias, uma em cada joelho. Obrigada a conviver com fortes dores em várias partes do corpo, o quadro de saúde que já era delicado, se agravou ainda mais para um estado depressivo, já que todos os procedimentos cirúrgicos que ela necessitava tinham sido negados pelo Ipasgo.

Direito
Na ação judicial, o Sindsaúde argumentou que o “Estado de Goiás não pode se furtar a seu dever de proporcionar as cirurgias sob pena de negar o direito à saúde como princípio da dignidade humana”.

Por entender a gravidade da situação, o juiz Reinaldo Alves Ferreira, concedeu a antecipação do julgamento da ação, e determinou que o Ipasgo realizasse imediatamente a cobertura total de todos os procedimentos cirúrgicos necessitados pela servidora.

Ao receber a notícia, a servidora, muito emocionada, agradeceu o empenho do Sindsaúde e de toda equipe jurídica que não mediu esforços para lutar e garantir que o seu direito fosse respeitado. “Estou imensamente feliz e grata por tudo que fizeram por mim. Vocês fizeram uma imensa diferença na minha vida. Muito obrigado!”, agradeceu.

27/09/2017