Sindsaúde debate mudanças na Política de Atenção Básica propostas pelo Governo Federal



Com intuito de ampliar o debate sobre como as mudanças na Política Nacional de Atenção Básica (PNAB) impactam a vida dos trabalhador@s da Atenção Básica, o Sindsaúde participou de um seminário realizado em Cuiabá na última quinta-feira (14). Com o tema Os desafios e mudanças da PNAB, o evento ocorreu no auditório Licínio Monteiro da Assembleia Legislativa do Mato Grosso.

Além do diretor de Comunicação do Sindsaúde/GO e da Fenasce, Leocides Souza, ainda compuseram a mesa, o deputado estadual mato-grossense, Leonardo Albuquerque, e a secretária Municipal de Saúde de Cuiabá, Elizeth Lúcia.

Alerta

Durante sua intervenção, Leocides fez uma analise de conjuntura relacionando as alterações na PNAB e o cenário político-econômico do país. Ele alertou que a estratégia de saúde da família poderá deixar de ser prioridade. De acordo com ele, um dos efeitos da nova PNAB, é a "redução do quantitativo mínimo de agentes comunitários de saúde (ACS) por unidade de saúde, o que poderá comprometer o rendimento do trabalhador e o atendimento à população".

Ainda de acordo com Leocides, com o comprometimento do Programa Estratégia de Saúde da Família e das atividades dos ACS, o SUS ficará ainda mais fragilizado abrindo brechas para agravar o seu subfinanciamento.

Por outro lado, Elizeth defendeu que a nova PNAB beneficiaria os usuário do SUS, já que a população não necessariamente precisaria ficar presa a uma unidade de saúde específica.

PNAB

A falta de consenso em torno da Portaria nº 2.436, de 21 de setembro de 2017 que trata da nova PNAB gerou polêmica. Houve críticas dos movimentos sociais que atuam em defesa da Saúde e inclusive do próprio Conselho Nacional de Saúde. 

 

Confira também:

Comitê entrega relatório sobre violações dos direitos humanos às autoridades goianas

Projetos que preveem mudanças em repasse de verba beneficiam agentes de Saúde e de Endemias

Entidades se manifestam contra a terceirização do Hemocentro de Goiás

 

 

15/12/2017