Sindsaúde participa de debate sobre a PEC 287 e a fragilização da Previdência Social



O Sindsaúde/GO participou nesta quinta-feira (02) do debate promovido pelo Dieese sobre a PEC 287/2016 que propõe novas regras para a aposentadoria. Essa proposta foi encaminhada pelo Governo Federal ao Congresso Nacional e se aprovada como está trará graves consequências para o cidadão banindo praticamente o direito à aposentadoria integral.

Para a presidenta do Sindsaúde/GO, Flaviana Alves, “a reforma atinge de cheio o servid@r público e por isso, o Sindicato não pode se furtar desse debate permitindo que as novas medidas dificultem o acesso aos benefícios”. Ela ainda acrescenta que "a entidade sempre foi defensora de uma Previdência Social sólida e autônoma que garanta a devida proteção social ao trabalhad@r".

Por meio de nota técnica, o próprio Dieese já havia adiantado que “a fragilização da Previdência Social se articula com o enfraquecimento das políticas públicas voltadas para a população e favorece o aumento da vulnerabilidade social, da pobreza e das desigualdades no país, contrariando o artigo 3º da Constituição que declara, como parte dos objetivos fundamentais da República, a construção de uma sociedade justa, a erradicação da pobreza e a redução das desigualdades sociais e regionais".

Com o tema PEC 287: a minimização da Previdência Social, o debate foi realizado no Auditório da Federação Interestadual dos Trabalhadores em Estabelecimentos de Ensino do Brasil Central (Fitrae-BC) no centro de Goiânia.

02/02/2017

Com informações do Dieese