CARREIRA: é preciso corrigir as injustiças cometidas contra a Saúde

CARREIRA: é preciso corrigir as injustiças cometidas contra a Saúde

*Publicada em 13.01.2020 às 18h07

De acordo com informações publicadas hoje (13) na coluna Xadrez do jornal O Hoje, a gestão do governador de Goiás, Ronaldo Caiado, pretende reformular, este ano, todos os planos de carreira dos servidores estaduais. O objetivo seria corrigir distorções entre categorias e gerar economia. A expectativa do secretário de Administração, Bruno D’Abadia, é enviar o pacote de projetos ao Legislativo no segundo semestre.

Para o Sindsaúde, está mais do que na hora de o Executivo corrigir as injustiças no Plano de Cargos e Remuneração (PCR) dos servidores da Secretaria de Estado da Saúde (SES). A Saúde está entre as categorias com maior defasagem salarial e com menor recebimento de incentivos. Portanto, é preciso corrigir urgentemente a perda salarial desses trabalhadores, pagar as datas-bases de 2007 a 2010 e as de 2015, 2016, 2017, 2018 e 2019 e cumprir o PCR integralmente.

X
%d blogueiros gostam disto: