Em defesa do SUS, Sindsaúde soma forças na 9ª Conferência Estadual de Saúde

Em defesa do SUS, Sindsaúde soma forças na 9ª Conferência Estadual de Saúde

*Publicada em 13.06.2019 às 9h24 

Teve início na noite de ontem (12), a 9ª Conferência Estadual de Saúde do Estado de Goiás. Com o tema, “Democracia e saúde: saúde como direito e consolidação e financiamento do SUS”, o evento, é organizado com Conselho Estadual de Saúde, está sendo realizado na Escola de Saúde Pública Cândido Santiago (Esap), e segue até sábado. O Sindsaúde, mais uma vez, não fugiu à luta em defesa do SUS e dos trabalhador@s que atuam nesse sistema.

Diretor@s do Sindicato marcam presença com o intuito de somar forças contra o desmonte da saúde pública e consolidação do Sistema Único de Saúde. A secretária Geral do Sindsaúde, Luzinéia Vieira, é conselheira e uma das coordenadoras da 9ª Conferência. Luzinéia destaca que “no contexto atual, debater a sobrevivência do SUS e a importância da ampliação das políticas públicas de saúde é inevitável e imprescindível”.  

Já a presidenta do Sindsaúde, Flaviana Alves, ressalta que o momento é único e representa uma excelente oportunidade para fortalecer a defesa do SUS por meio do diálogo e de propostas que resgatem os seus princípios”.

Com a participação de 278 representantes eleitos, evento vai definir diretrizes do Plano Estadual de Saúde para os próximos quatro anos. Realizada a cada quatro anos, o evento terá a participação de 278 delegados eleitos em cinco conferências macrorregionais ocorridas este ano. (Confira aqui a programação)

Segundo o presidente do Conselho, Venerando Lemes de Jesus, estarão em debate os problemas e as necessidades da saúde e serão aprovadas propostas para a melhoria das políticas públicas de saúde nos próximos quatro anos.

Ao todo, o CES promoveu cinco encontros macrorregionais, que escolheram os 278 delegados à conferência estadual. Eles foram eleitos obedecendo a paridade de representação definida pela lei do SUS, sendo 50% de representantes de usuários, 25% trabalhadores e 25% gestores e prestadores de serviços do SUS.

Com informações da SES.

X
%d blogueiros gostam disto: