Pelo plano de carreira, servidores da saúde agendam manifestação no centro de Goiânia

Pelo plano de carreira, servidores da saúde agendam manifestação no centro de Goiânia

*Publicada dia 12.03.2019 às 18h00

Servidor@s da Secretaria Municipal de Saúde (SMS) de Goiânia realizaram nesta sexta-feira (12), um ato em frente ao Paço Municipal, para cobrar da gestão o pagamento das progressões e o cumprimento integral do plano de carreira, assim como a inclusão das categorias de Agentes Comunitários de Saúde e Endemias no plano.

Diante da mobilização, o secretário municipal de governo, Paulo Ortegal, e o superintendente da Casa Civil, Jairo Bastos receberam o Sindsaúde e outras entidades da saúde para discutir as pautas do funcionalismo municipal.

“Já são duas progressões atrasadas, mas há caso de servidor@s com até três progressões sem receber. Contudo, fomos informados que o processo da mudança de letra já está na Procuradoria Geral do Município e deve ser encaminhado a Casa Civil para então ser publicada no Diário Oficial”, explicou o vice-presidente do Sindsaúde, Ricardo Manzi.

O superintendente da Casa Civil, Jairo Bastos, alegou que houve conflitos na análise dos processos, mas que já estão superados segundo ele. Bastos ainda apontou o grande volume de documentos para justificar o atraso. No entanto, ele se comprometeu em acompanhar de perto o andamento para garantir mais agilidade a respeito das progressões.

Plano de carreira

O Sindsaúde também cobrou o início dos trabalhos da comissão que irá analisar a inclusão dos Agentes de Saúde e de Combate a Endemias no plano de carreira da Secretaria Municipal de Saúde (SMS). O Sindsaúde fará parte desta comissão.

Portaria número 10

Segundo o secretário municipal de governo, Paulo Ortegal, haverá uma rearticulação com a SMS para rediscutir a Portaria 10/2019 com as entidades sindicais.

Nova Assembleia

Uma nova assembleia geral ficou agendada para o dia 21 de março, às 8h30, na Praça do Bandeirante, localizada no setor Central de Goiânia. A previsão é que os servidor@s municipais façam uma passeata até a Câmara Municipal.

“Essa assembleia é com indicativo de greve. Por isso é fundamental que cada um mobilize e compareça para que possamos junto garantir nossos direitos trabalhistas”, afirmou Ricardo Manzi.

 

X
%d blogueiros gostam disto: