Participe! Enfermagem vai a Brasília no dia 5 de agosto cobrar o piso salarial e 30h

 Participe! Enfermagem vai a Brasília no dia 5 de agosto cobrar o piso salarial e 30h

Profissionais da enfermagem de todo país vão promover, no Dia Nacional da Saúde, um grande ato em Brasília para defender o piso salarial e a jornada de 30h semanais. A mobilização foi batizada de “Valorizar a Enfermagem é Valorizar o SUS” e ocorrerá no dia 5 de agosto, às 12h30, na Praça das Bandeiras onde a categoria cobrará a aprovação do Projeto de Lei 2564/20.

Organização

O Sindsaúde vai disponibilizar transporte e alimentação. As inscrições devem ser feitas por meio de formulário (inscreva-se aqui) disponibilizado no site do Sindicato. Os interessados devem preenchê-lo com nome completo, CPF, telefone, tamanho de camiseta e unidade de saúde.

Nas redes sociais, a vice-presidente do Sindsaúde, Neia Vieira, divulgou um vídeo em que convida a categoria para participar da mobilização. Confira:

Néia Vieira, vice-presidente do Sindsaúde-GO

Além do Sindsaúde-Go, participam da organização o Sindicato dos Enfermeiros do Estado de Goiás (Sieg), Sindicato dos Trabalhadores Técnico-Administrativos em Educação das Instituições Federais de Ensino Superior do Estado de Goiás (SINTIfes-GO), Aben-Goiás, Fórum Nacional da Enfermagem, CNTSS, CNTS, COFEN, Anaten, FNE, ABEN, Executiva Nacional dos Estudantes, entre outras.

“Pandemia”

A presidente do Sieg, Roberta Rios, destaca que a pandemia deixou ainda mais evidente a necessidade de valorização da categoria. “Esse é o momento de pressionarmos o Senado para que o PL 2564/20 seja pautado, a Enfermagem é essencial à saúde e tem demonstrado isso em todos os momentos, das salas de vacinas aos cuidados intensivos nas UTIs. Para além dos aplausos, merecemos valorização e reconhecimento“.

Nesse sentido, a presidente da Associação Brasileira de Enfermagem – Seção Goiás, Marta Valéria Calatayud Carvalho, frisa que “a pandemia veio dar visibilidade a esses trabalhadores e demonstrar à sociedade o quanto são importantes para a defesa e o cuidado da vida humana e o quanto necessitam desse reconhecimento impresso em Lei, como: uma carga horaria regulamentada e um piso salarial digno“.

Já o diretor do Sindsaúde e titular da Comissão de Política Parlamentar do Fórum Nacional da Enfermagem — 30 Horas, Erivânio Herculano, lembra que a categoria está protagonizando um momento histórico em defesa do piso. “Estamos diante de um momento muito importante em que uma categoria se mobiliza e almeja o piso e uma jornada de trabalho humanizada”.

Ainda segundo Erivânio, é preciso ressaltar que “a enfermagem goiana não pode ficar fora desse marco histórico na luta pelos direitos da categoria e que a mobilizado deve continuar mesmo após o ato na capital federal“.

PL 2564

O PL 2564/20 que aguarda tramitação no Senado Federal cria o piso nacional para enfermeiros, técnicos e auxiliares, e fixa em 30 horas semanais a jornada de trabalho para a categoria.

Conforme o projeto, o piso salarial do enfermeiro passaria a ser de R$ 7.315,00 mensais; enquanto o piso do técnico de enfermagem seria de R$ 5.120,50. Já o auxiliar teria o valor fixado em R$ 3.657,50. Os valores referem-se a jornada de 30h semanais.

A reivindicação é antiga e tem o intuito de reconhecer e valorizar o trabalho desses profissionais. Além disso, a proposta também corrigiria a discrepância entre as remunerações praticados pelo país afora.

O Projeto de Lei 2564 foi apresentado no ano passado pelo senador Fabiano Contarato (Rede) e abrange o setor público e privado, inclusive entidades filantrópicas e organizações sociais de saúde.

INSCREVA-SE AQUI

Outras Notícias

1 Comment

  • Camiseta gg
    Telefone 62 994217507

Deixe um Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Leitor de Página Press Enter to Read Page Content Out Loud Press Enter to Pause or Restart Reading Page Content Out Loud Press Enter to Stop Reading Page Content Out Loud