Resumo das Ações da Semana no Sindsaúde-GO

Resumo das Ações da Semana no Sindsaúde-GO

Publicado em 22 de maio de 2020, às 16:28 horas

No hall de enfrentamento das pelejas diárias dos trabalhador@s brasileiros (as) e profissionais da saúde pela defesa da dignidade e por melhores condições de trabalho, nesta tenebrosa realidade de pandemia do coronavírus e de todas as suas implicações (econômicas, sociais e assim, de vivência política), o Sindsaúde se movimenta de forma rápida e intensifica todas as linhas e ações para sanar qualquer interferência nociva aos direitos trabalhistas, as leis e a democracia.   

Por ser o Sindsaúde um sindicato de ramo, forjado e conduzido por aguerridos servidor@s públicos da saúde e de outras categorias (de lutas locais e nacionais), é práxis outras entidades representativas e combativas formarem e somarem esforços, para juntos obterem condições de existência e trabalho, dentro de um estado de direito democrático.

Assim, aconteceu o Ato “Eu Defendo a Saúde”, com faixas, cartazes e balões brancos o Sindsaúde lembrou as vítimas da Covid-19, cobrou melhores condições de trabalho e valorização dos profissionais e da saúde pública de qualidade, que deve ser para todos. Lançou a Campanha que defende servidor@s e a saúde pública que terá outras ações. No Ato, que respeitou todas as medidas de distanciamento, foi lida uma carta dos profissionais de saúde destinada à sociedade, onde os trabalhadores expuseram os impactos da pandemia sobre suas vidas e reivindicaram valorização e melhoria das condições de trabalho.   

Nas ações do “Eu Defendo a Saúde”, o Sindsaúde e outras entidades  (Comitê Goiano), firmaram e protocolizaram ofício, no Palácio Pedro Ludovico Teixeira, para o governador de Goiás, Ronaldo Caiado.     

Além das condições de trabalho precárias, esses trabalhadores têm visto seus direitos sendo descumprido paulatinamente. Por isso, defendemos uma nova postura em relação à Saúde aqui em Goiás. É preciso pagar a data-base, reajustar o salário e cumprir o plano de carreira da categoria”, afirmou o presidente Ricardo Manzi.  

 

O fato é que  os profissionais e servidor@s da saúde, tem sido insultados e vemos dia após dia, as políticas públicas que tornam a sociedade mais justa e igualitária e o Sistema Único de Saúde, SUS, serem desmontados. O Sindsaúde exigou respeito, com a Nota de Repúdio pelas declarações ofensivas do ministro e banqueiro da economia, quando se aos servid@s públicos da saúde.  

 

O Sindsaúde divulgou junto com a Confederação Nacional dos Trabalhadores em Seguridade Social – CNTSS/CUT, com o tema “Eu sou o SUS”, acampanha de valorização dos trabalhadores do SUS – Sistema Único de Saúde, o lançamento por videoconferência contou com a participação dos dirigentes da Confederação e das estruturas de comunicação de entidades filiadas, entre secretários, diretores e assessores de imprensa.

E por videoconferência o Sindsaúde desde o início da pandemia, reúne trabalhadores, realiza fóruns e assembleias, dialoga com profissionais, especialistas da saúde, tira dúvidas e colhe reivindicações e denúncias de toda natureza. Essa semana um grupo de técnicos da atenção básica de Corumbá de Goiás, solicitou em reunião virtual, a presença do Sindsaúde na luta por cargos e salários.

E na segunda-feira, 25 de maio, o Sindsaúde estará em Corumbá de Goiás. Participe conosco, nas redes sociais, faça parte.

Na Semana da Enfermagem (Dia do enfermeiro e do técnico e auxiliar de enfermagem), o Sindsaúde e as entidades da categoria, lançaram nas principais rádios de Goiânia e veículos de comunicação uma homenagem, com números de profissionais contaminados pelo coronavirus e outras informações.    

O Sindsaúde não mede esforços pela defesa dos trabalhador@s da saúde.

Trabalhadores e Trabalhadoras da saúde, o momento é de profunda união.  

 

Sindsaúde.

Sempre Juntos: A Saúde Luta e Resiste.

X
%d blogueiros gostam disto: