VITÓRIA! Aprovada nova tabela de reajuste salarial em Senador Canedo

VITÓRIA! Aprovada nova tabela de reajuste salarial em Senador Canedo

*Publicada em 09.09.2019 às 18h48

Após diversas negociações entre o Sindsaúde e a gestão de Senador Canedo, a Prefeitura apresentou uma contraproposta de reajuste salarial para o cargo de assistente técnico. A nova tabela foi aprovada pela categoria durante assembleia geral na tarde desta segunda-feira (9).

O salário base atual desses profissionais (R$ 1.091) será reajustado para R$ 1.375. A proposta incorporou a gratificação de produtividade, mas os servidores continuarão recebendo de forma extra benefícios como por exemplo, o adicional de insalubridade (10%) e triênio.

A presidenta do Sindsaúde, Flaviana Alves, considerou a proposta um avanço para os trabalhadores apesar do abaixo daquele pleiteado pelo Sindicato. “O reajuste é uma reivindicação antiga do Sindsaúde já que a categoria é uma das que mais sofre com a defasagem salarial no município. Hoje demos mais um passo rumo à valorização e ao reconhecimento profissional que eles merecem”, ressaltou.

Legislativo

A expectativa do Sindsaúde e do Sindicanedo que também participou da reunião é que o reajuste venha já no pagamento de outubro. Entretanto, é preciso que o prefeito Divino Lemes (PSD), envie antes, o projeto para apreciação do Legislativo.

30h

A contraposta foi oficializada pelo secretário municipal de Saúde, Carlos Maranhão, durante reunião que antecedeu a assembleia geral desta segunda-feira. Nela também se discutiu, mais uma vez, a redução da carga horária do psicólogo, farmacêutico, enfermeiro e biomédico. O Sindsaúde quer 30h semanais para estas categorias que hoje fazem 40h.

Ainda durante a reunião, os servidores apresentaram um estudo no qual demonstram que a possível redução da carga horária do enfermeiro produziria impacto mínimo para a gestão e não teria consequências para os pacientes. Essa tem sido a maior preocupação da prefeitura. Com a discussão já bem aprofundada, o secretário ficou de avaliar com o prefeito e dar retorno ao Sindsaúde.  

X
%d blogueiros gostam disto: